Treinamentos Corporativos

Como produzir jogos educativos no Moodle

Rayane
Escrito por Rayane em 13 de junho de 2019
Como produzir jogos educativos no Moodle
Junte-se a mais de 1.500.000 pessoas que já acessaram nossos conteúdos

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade sobre as novidades do ensino a distância

A plataforma Moodle é um sistema de criação de cursos on-lineutilizado no mundo inteiro, mas também não serve apenas para fins educativos. Uma maneira muito interessante de utilizá-la é para criação de jogos educativos.

Os jogos educativos têm sido uma fonte muito grande de aprendizado, pois, com a internet e a tecnologia, houve crescimento da procura por meios mais fáceis de interagir com alguma disciplina.

Utilizar uma plataforma como o Moodle para realizar a criação de jogos educativos pode ser muito vantajoso para o ensino, já que há a sensação de autonomia para o aluno.

Como começar a criar jogos educativos em uma plataforma on-line?

O primeiro passo é definir qual o tipo de jogo educativo que você quer produzir, qual será o andamento dele e quais recursos serão necessários para que esse jogo aconteça.

Uma plataforma como o Moodle permite a criação de diversos ambientes de aprendizado interativos, podendo, inclusive, fazer uso de gamificação nesse processo.

Mas o que é gamificação? É o conceito de jogos nas coisas; neste caso, dentro do processo de ensino. Com esse método você tem processos como técnicas, sistemas de recompensa, e tudo isso sem a pessoa perceber que está envolvida em um aprendizado.

A falsa ilusão de que não é um aprendizado que está sendo transferido gera um maior envolvimento da pessoa com o conteúdo. Dessa maneira, fazer utilização de jogos para aflorar o conhecimento, tanto em crianças quanto em adolescentes e adultos, é uma excelente ideia.

Hoje em dia podemos ver jogos que ensinam diversas disciplinas e atividades, como, por exemplo, programação.

Com a plataforma Moodle você pode elaborar a criação de jogos educativos por meio de questionários, que podem ser inseridos dentro do sistema para que o aluno responda.

Dentro do sistema você pode colocar também tarefas a serem realizadas, e a cada tarefa que foi efetuada ir liberando próximas atividades, exatamente como um sistema de recompensas.

O questionário também pode ser usado dessa mesma maneira: conforme são inseridas respostas corretas, mais perguntas são exibidas. Um jogo que pode ser desenvolvido assim é algo relacionado à história do Brasil, por exemplo.

Mas como funciona o Moodle?

A plataforma Moodle funciona da seguinte maneira: ela é disponibilizada gratuitamente pela licença GNU, e tem como ser alterada e customizada conforme as necessidades do usuário.

Desenvolver jogos no Moodle não é difícil justamente por essa possibilidade de customização. A plataforma permite que você adicione plugins, aplicações externas em seu sistema, facilitando o desenvolvimento conforme suas necessidades aparecem.

O Moodle funciona em diversos dispositivos, a qualquer hora e em qualquer lugar, ou seja, você poderá interagir com a plataforma de onde estiver, e essa é uma vantagem muito grande, já que jogos são acessados de todos os lugares.

Selecione CEO Diretor Coordenador Equipe de Tecnologia Equipe Pedagógica Professor Quero saber mais de EaD

O maior desafio que pode ser encontrado na hora de criar um jogo educativo é saber exatamente a linha tênue que dividirá a ludicidade e o aprendizado. Saber equilibrar é de extrema importância: não pode ser desinteressante nem deixar de ter reflexões envolvidas.

Dentro da plataforma Moodle você consegue desenvolver jogos educativos com caráter matemático, físico, com conteúdos de português, geografia, inglês, história, conhecimentos gerais. Enfim, independentemente de qual for o seu plano de jogo educativo, ele pode dar certo nessa incrível plataforma multifacetada!

Jogos educativos são só para crianças?

Não. Claro que servem para ensinar para as crianças as mais diversas disciplinas ou atividades, mas um jogo educativo pode gerar conhecimento até mesmo para pessoas de idade mais avançada.

Você pode desenvolver um jogo educativo em uma sala de aula invertida, que é o caso do Moodle, para criar um jogo com o fim de ensinar a idosos como utilizar a internet ou o computador, e mesmo para qualquer outro assunto, como um jogo educativo para melhorar o desempenho no vestibular, simulando questões que geralmente caem ou criando essa atividade ludificada.

O que é o conceito de sala de aula invertida?

A sala de aula invertida será um ambiente em que o aluno não está preso; ele não será um indivíduo passivo esperando por conhecimento, e só então, quando chegar em casa, entrar em atividade para ver se fato compreendeu o ensinamento.

Na sala de aula invertida é como se o aluno fizesse a tarefa de casa na sala de aula, depois de ler conteúdos sobre a matéria que seria discutida.

É uma maneira de ter mais interação entre o aluno e a matéria, uma forma que ele de fato compreenda o que está sendo ensinado.

Com o aluno chegando em sala de aula mais engajado sobre o assunto, saberá como desfrutar do conhecimento do professor de uma maneira melhor.

Agora, pense nisso por meio da internet: é uma plataforma Moodle. O aluno segue o ritmo dele, faz as atividades conforme sua curiosidade, sem linearidade – ele escolhe o que quer resolver no momento e faz.

sala de aula invertida é uma técnica que gera mais curiosidade, assim como a gamificação. Por isso, quando unimos os dois, sai um resultado incrível para o aprendizado!

Da gamificação podemos tirar o método de engajamento por meio da diversão, das ações e da caça de recompensas, e da sala de aula invertida essa autonomia que o aluno tem.

As duas coisas juntas irão formar um jogo em que se tem a dinâmica da diversão seguida de inúmeras ações, da estimulação da curiosidade e da sede por obter cada vez mais fases liberadas, tudo conquistado pela própria decisão.

A autonomia é uma maneira de instigar a curiosidade, assim como uma diversão inteligente. Às vezes a pressão gerada pela obrigação tira o prazer de realizar a tarefa, fazendo com que a pessoa apenas realize por necessidade, não memorizando bem o que foi feito. Unindo o útil ao agradável você consegue produzir um jogo educativo no Moodle, aplicando conhecimentos de sala de aula invertida e da gamificação. Tá esperando o quê? Desenvolva seu jogo educativo!

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre ensino a distância

Junte-se a mais de 500.000 pessoas que já acessaram nossos conteúdos