Plataforma LMS

Customizar plataforma Moodle: conheça as vantagens

Rayane
Escrito por Rayane em 13 de junho de 2019
Customizar plataforma Moodle: conheça as vantagens
Junte-se a mais de 1.500.000 pessoas que já acessaram nossos conteúdos

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade sobre as novidades do ensino a distância

Talvez você não saiba, mas é perfeitamente possível customizar a sua plataforma Moodle, e isso pode ser muito benéfico para o seu sistema de trabalho.

É claro que é necessário saber como fazer e entender como todo o processo funciona. Uma vez que todas as etapas sejam compreendidas, tudo fica bem mais fácil.

Assim sendo, a seguir nós vamos falar sobre as vantagens de secustomizar a sua plataforma Moodle. Venha conferir e se impressionar com as possibilidades que pode encontrar!

Dicas de como customizar a plataforma Moodle

É interessante dizer que, embora a plataforma Moodle já apresente uma série de temas prontos no sistema, isso pode não ser suficiente para os seus usuários.

É daí que vem a necessidade de customizar, algo que pode ser feito por meio do uso de novas imagens, de logos diferenciados e de cores distintas. Talvez você não saiba, mas alguns Ambientes de Aprendizagem Virtual (AVAs) são tão personalizados que nem nos damos conta, mas na verdade eles foram feitos em cima da plataforma Moodle.

Para te ajudar nessa missão de customizar o seu sistema, nós listamos várias dicas bem funcionais e muito eficazes, que farão a diferença na execução do seu trabalho. Dê uma olhada:

1) Aproveite os sites de ajuda.

Existem muitos sites que contam com uma grande variedade de temas que podem ser baixados, facilitando e muito o seu processo de customização. Até mesmo fóruns às vezes oferecem esse tipo de advento.

Normalmente esses temas são baixados no formado de zip. Uma vez descompactados, é só abrir a pasta com o nome e iniciar o processo de transformação do seu sistema.

2) Entenda o que compõe os templates.

Os templates do Moodle são bem específicos e especiais, e é importante compreendê-los antes de se aventurar a customizá-los. Veja a seguir o que compõe cada um deles:

  • Eles contam com um diretório, e esse diretório tem o nome do tema que foi escolhido.
  • Nesse diretório encontram-se vários elementos que vão formando o tema definido.
  • Esse diretório pode ser chamado de pix ou de images; vai depender de como você vai escolher chamar as imagens que vão formar todo o seu tema.

3) Saiba para que servem os arquivos PHP.

Saber o que são os arquivos PHP com certeza vai te ajudar no processo de customizar o seu Moodle, da mesma forma que vai colaborar para a compreensão de sua serventia. Veja a explicação:

  • Styles.php – ele apresenta uma série de variáveis de cookies. Todos os temas precisam ter uma cópia desse arquivo dentro de suas configurações, ou do seu diretório.
  • Docstyles.php – trata-se de um arquivo que conta com alguns códigos do tipo PHP, e eles são bem precisos para determinar como será o estilo e como se portarão os cookies no seu tema. Além disso, eles apresentam algumas regras de CCS, que são entendidas como prioridade.
  • Config.php – aqui estão todas as informações necessárias para que o seu tema se comporte da forma que você espera dentro do sistema. Também se encontra aqui a lista de arquivos CSS, que é apresentada dentro dessa mesma base.
  • Arquivo CSS – cabe a ele controlar todos os elementos de uma mesma página – por elementos estamos nos referindo aos links, às cores dos textos e ao posicionamento das características que possam ser apresentadas nesse espaço.

Vale dizer que aqui o nome e a quantidade de arquivos presentes vão variar segundo os desenvolvedores. Desse modo, torna-se viável usar um único arquivo que contenha todas as informações do sistema Moodle.

4) Compreenda como ocorre a descrição de um tema.

Descrever um tema Moodle com uma grande variedade de arquivos CSS torna mais fácil a criação de templates, e, consequentemente, a transformação de aspectos e detalhes do layout, ainda que ele não seja mudado por completo. Veja os arquivos mais usados:

  • Styles_fontes.css – nesse arquivo aparecem regras específicas para se formatar o tamanho, a espessura e até a variação das fontes utilizadas.
  • Styles_layout.css – nesse arquivo aparecem as regras que têm a ver com a customização de todo o template de maneira geral, voltando-se para o cuidado com as colunas, as tabelas, os formulários e demais detalhes do seu Moodle.
  • Styles_tabs.css – nesse arquivo são definidos os estilos do menu de abas, além de alguns arquivos HTML voltados para o cabeçalho e o rodapé. Aqui, no entanto, não se pode customizar elementos que pedem inclusão de template, adição de novos CSS e inserção de favicon.

5) Fique atento a outras questões importantes.

Para customizar o seu Moodle é necessário ter atenção na hora de definir que versão do sistema você vai instalar e do tema que te interessou. Se eles não forem compatíveis, a customização não vai funcionar do jeito que você quer.

Obviamente existem limitações no sistema, e nem todo será permitido quando o assunto é personalizar o seu template do Moodle, ainda que a plataforma seja bastante flexível para a maior parte das transformações.

Vale lembrar também que alguns elementos da linguagem HTML podem acabar ficando escondidos no código, o que vai tornar o processo para customização mais difícil e vai requerer mais trabalho e esforço na hora de fazer a manutenção.

Agora, uma coisa é certa: na hora de elaborar um novo template as mudanças pensadas costumam girar em torno de transformações no CSS, nas imagens ou nos idiomas, então esses são os detalhes que mais vão pesar no processo!

Além disso, também é necessário lembrar que esse é um processo longo, cheio de questões e de cuidados a serem tomados. Então, é necessário caprichar e muito na hora de fazer a customização, para ela de fato valer a pena.

Como você pode ver, customizar o seu Moodle é possível e vai te trazer vários benefícios, tornando a sua plataforma muito mais funcional e adequada aos seus propósitos. Se você quer uma ajuda extra nesse processo, vale a pena baixar o Guia de Identidade Visual para customizar o seu Moodle, que pode ser de grande auxílio nesse processo.

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre ensino a distância

Junte-se a mais de 500.000 pessoas que já acessaram nossos conteúdos