Treinamentos Corporativos

Educação corporativa reduz custos e aumenta a produtividade da equipe

Rayane
Escrito por Rayane em 13 de junho de 2019
Educação corporativa reduz custos e aumenta a produtividade da equipe
Junte-se a mais de 1.500.000 pessoas que já acessaram nossos conteúdos

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade sobre as novidades do ensino a distância

Para quem ainda não conhece, a educação corporativa pode ser citada como uma boa prática coordenada de gestão de conhecimentos, como também pode ser definida como uma prática de gestão do conhecimento, claro que tendo como orientação uma ótima estratégia e a ajuda de uma universidade corporativa.

Deve-se ficar bem claro que a educação corporativa é bem mais do que qualquer outro tipo de treinamento empresarial ou então de uma qualificação de mão de obra, pois ela trata de articular coerentemente as mais diversas competências individuais, como também as organizacionais em um contexto mais amplo da empresa ou do negócio.

Sendo assim, todas as práticas de educação corporativa estão diretamente interligadas ao processo de inovação nas empresas interessadas, e também, é claro, ao aumento da competitividade de seus produtos ou então de seus bens e serviços. Portanto, fica claro que estas e outras definições deste termo buscam nortear as ações nesta mesma área.

Caro(a) leitor(a), sua empresa já está utilizando este tipo de recurso? Como você enxerga os resultados em relação à educação corporativa em sua empresa? Caso você ainda não tenha adotado essa prática ou então esteja em busca de algumas melhorias, continue acompanhando nosso artigo.

Panorama da educação corporativa no Brasil

Para que você entenda um pouco mais sobre a educação corporativa, é muito importante que saiba como funciona o panorama dessa educação no Brasil e conheça sobre a universidade corporativa.

 Podemos dizer que a educação corporativa no Brasil ainda é um ponto muito negligenciado, e é claro que isso precisa mudar o quanto antes; caso contrário, essa situação colocará em risco várias questões competitivas e também estratégicas das empresas encontradas no mercado.

É muito importante saber que, de acordo com a 12ª edição da pesquisa O Panorama do Treinamento no Brasil, publicada em 2018 pela escola de negócios Integração, enquanto no Brasil os colaboradores recebem 21 horas anuais de treinamento e desenvolvimento (T&D), nos Estados Unidos reservam-se 33 horas anuais; ou seja, treinamos 36% menos por colaborador do que nos Estados Unidos.

Porém, tivemos um avanço em relação à 10ª edição da pesquisa, realizada em 2015, que apontava que esse número era de apenas 16 horas de treinamento aqui no Brasil.

Vale lembrar que as empresas norte-americanas, ao contrário do Brasil, investem, em média, US$ 1.252 anuais no treinamento de cada colaborador, enquanto no Brasil esse valor é bem baixo, em média R$ 788, contabilizado mesmo em empresas de grande porte.

Algumas características da educação corporativa hoje

Hoje em dia podemos afirmar que as empresas têm tido um interesse maior em começar a investir mais fortemente em educação corporativa do que antigamente e, devido a essa mudança que vem acontecendo, algumas características das empresas já são bem marcantes nesse tipo de cenário.

Ressaltamos que essa mudança de cenário está acontecendo principalmente quanto ao local dos cursos a serem realizados, ao perfil do corpo docente e também do público impactado. Para você entender um pouco mais, a seguir constam algumas explicações.

Realização dos cursos ou das aulas

Hoje em dia, a maioria das ações na educação corporativa é realizada dentro das próprias empresas em que os colaboradores trabalham, podendo ocorrer em salas dedicadas exclusivamente a esse fim, ou então nos espaços disponíveis na empresa, como, por exemplo, em suas salas de reunião ou nos espaços para conferências, entre outros.

É importante que você saiba que os cursos e/ou os treinamentos feitos a distância, ou mesmo no caso daqueles semipresenciais, têm se tornado cada vez mais populares e procurados por profissionais. Gradativamente os gestores de empresas estão dando mais preferência a esses tipos de ensino e treinamentos.

Com a realização da educação e/ou do curso a distância, uma quantidade maior de colaboradores e pessoas interessadas têm acesso ao conteúdo apresentado ao mesmo tempo. Desta forma, não precisam gastar o seu tempo de trabalho na empresa fazendo esse tipo de capacitação, pois, com o curso a distância, eles acabam tendo muito mais flexibilidade, tanto de dias quanto de horários.

Público

Podemos dizer que, nos dias de hoje, a maior parte dos treinamentos relacionados à educação corporativa é voltada para o público interno de uma empresa, sendo eles os colaboradores, podendo ser de todos os níveis, cargos e também com diferentes tipos de experiência em sua área profissional.

Mas que fique bem claro que isso não se limita a esses detalhes, pois o público externo – como, por exemplo, as famílias dos empregados, a comunidade da área de influência da empresa, assim como os fornecedores e os clientes – também pode ser alvo dessas ações estratégicas de educação, principalmente quando relacionadas a questões de responsabilidade social ou então de educação ambiental.

Quem ensina?

Pesquisas realizadas comprovam que, hoje em dia, até 70% do corpo docente das empresas, em suas ações relacionadas à educação corporativa, é formado pelos seus próprios gestores, o que representa um benefício econômico para a empresa, ao se cortar boa parte dos gastos com os treinamentos, que incluem dispêndios com professores e instrutores externos.

É muito benéfico quando um gestor ensina os seus colaboradores, pois, além de se aproximar dos empregados pelo compartilhamento de experiências e pela instrução do treinamento, ele ainda sente que a empresa valoriza a sua bagagem profissional.

A importância e os benefícios de se investir na educação corporativa

Quando a empresa investe em educação corporativa ela sai na frente das suas concorrentes, por se preocupar com a capacitação de seus colaboradores, fator fundamental nos dias de hoje dentro do tão competitivo mercado empresarial. A própria empresa acaba recebendo um retorno imenso dos seus empregados, por conta de eles estarem motivados, refletindo, assim, em mais engajamento e produtividade, além de uma série de outros benefícios para o negócio.

Motivos não faltam para que você invista em sua empresa! Por isso, comece a fazer a capacitação dos seus colaboradores em uma educação corporativa, por meio de uma universidade corporativa.

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre ensino a distância

Junte-se a mais de 500.000 pessoas que já acessaram nossos conteúdos