Fábrica de cursos

Produção de videoaula para o Moodle

Bianca
Escrito por Bianca em 13 de junho de 2019
Produção de videoaula para o Moodle
Junte-se a mais de 1.500.000 pessoas que já acessaram nossos conteúdos

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade sobre as novidades do ensino a distância

Sobre a produção de videoaula para o Moodle, saiba que o investimento nesses conteúdos, tanto para a comercialização, como um material principal, quanto para o uso próprio, como um apoio dos seus cursos on-line, é sempre uma excelente estratégia, já que eles auxiliam na geração de maior engajamento da sua audiência.

Segundo alguns estudos, a maioria dos brasileiros consome vídeos on-line, isto é, há enorme familiaridade do público com esse tipo de conteúdo. Os vídeos em cursos on-line são uma maneira de facilitar a interação com os espectadores.

Mas, para que a interação de fato ocorra e o curso mantenha-se interessante ao aluno, na produção da videoaula não se deve apenas ter um conteúdo e apresentá-lo de qualquer forma. Deve-se pensar em diversos fatores que podem fazer total diferença no sucesso do seu conteúdo em vídeo no Moodle.

Conheça mais sobre a produção de videoaula para o Moodle

Para a plataforma Moodle, uma videoaula deve ser atraente e dinâmica, prendendo a atenção do aluno. Assim, ele assimila o conhecimento de novos conteúdos de uma maneira bem mais prática.

Nos dias atuais, com os smartphones e outros dispositivos de gravação de vídeos, é possível desenvolver e publicar conteúdos em alta qualidade. Porém, para a criação de aulas que sejam de sucesso, é necessário que também se tenha um material que seja de qualidade.

As videoaulas são uma grande tendência na área da educação, principalmente por conta da facilidade de acesso às informações, ou seja, o mundo digital torna possível obter conteúdo em qualquer lugar e hora.

Quais são as vantagens de se realizar videoaula para o Moodle?

O Moodle tem se tornado uma plataforma de EaD muito poderosa, por conta da possibilidade que tem de transmitir conteúdos de uma maneira clara e dinâmica.

Para entender como tal método funciona, confira a seguir algumas de suas vantagens:

  • A videoaula possibilita aprendizado facilitado e maior interação com o aluno, sem que haja um esforço excessivo, tornando mais fácil o aluno manter o interesse no conteúdo.
  • A videoaula proporciona um enorme engajamento do aluno. É possível utilizar inúmeros recursos adicionais, especialmente pelo uso de ferramentas do Moodle que garantem um envolvimento maior entre aluno e professor, ajudando na motivação dos alunos.
  • Outra vantagem é o acesso à plataforma de qualquer local. Inúmeras pessoas acabam não fazendo o curso por conta da locomoção. Assim, com a videoaula no Moodle pode-se estudar de uma maneira mais rápida e eficiente, basta estar conectado à internet.

Como adicionar uma videoaula no Moodle?

Para se utilizar as funções do Moodle é muito simples. Em primeiro lugar, é preciso que se tenha uma ideia de qual será a função de tal vídeo no contexto do curso; assim, você irá saber se vai usar uma atividade ou um recurso. Confira o passo a passo a seguir:

  • Primeiramente é necessário que você entre como administrador no Moodle, e procure ativar a edição no curso em que irá inserir a videoaula.
  • Feito isso, você deve clicar em “Adicionar um recurso ou atividade” e selecionar “Recurso – rótulo”.
  • Será aberta uma janela com a informação “Texto rótulo”. Você, então, deve clicar em “Inserir mídia”.
  • Em seguida, você deve clicar em “Encontrar ou enviar vídeo” na janela que irá aparecer, e selecionar o vídeo na pasta do seu computador.

Pode ser que você precise de uma configuração prévia, na qual é indicado utilizar de forma direta o YouTube, para que não sobrecarregue o seu servidor. Contudo, caso você deseje deixar o vídeo no seu servidor, você pode usar as opções descritas a seguir:

  • Utilizar a opção “Enviar um arquivo”, que possibilita anexar um vídeo diretamente do seu computador. Porém, depois de um tempo pode ser difícil localizar tal vídeo, caso você queira utilizá-lo em outro curso.
  • Geralmente, a melhor opção é sempre utilizar um repositório. Existem inúmeros disponíveis para o Moodle, mas é preciso configurá-lo previamente.

Dessa forma, há duas maneiras de se colocar vídeos no Moodle: inserindo os vídeos que já estão hospedados em outros servidores, como o YouTube, ou realizar o envio diretamente do seu próprio computador.

Na primeira forma, quando você insere videoaulas de outros servidores, o processo apresenta o funcionamento da mesma maneira que se coloca em um site da internet, isto é, quando você assiste a um vídeo no YouTube, na própria página do vídeo, existe um código conhecido como embed, que realiza a referência desse vídeo.

Sendo assim, o YouTube já garante uma facilidade nesse processo, pois o vídeo está exposto, e você pode somente copiar tal código e colar diretamente na página html dentro do Moodle, que irá reconhecer o vídeo e exibi-lo como se ele estivesse no próprio YouTube.

Além disso, outra forma é quando se tem o arquivo do vídeo no seu computador, que pode ser nas extensões avi, wmy, rmvb, entre outras.

Dessa forma, quando se tem tais tipos de arquivos pode-se ter dois problemas: o primeiro é o tamanho do arquivo para se colocar no Moodle, e o segundo refere-se aos direitos autorais.

Por isso, uma maneira de simplificar tais problemas é procurar converter os vídeos para a extensão flv, que deixa o arquivo mais leve e com mais qualidade, e ainda impede que o vídeo seja armazenado facilmente no computador daquele usuário que está assistindo.

De uma forma geral, o processo de inserção de videoaulas no Moodle é bastante simples e rápido. O passo a passo citado anteriormente parece complexo, com muitas explicações técnicas, mas na prática você verá que basta criar um link para o arquivo e fazer a escolha do vídeo na extensão flv, sendo essa a forma que resolve aqueles problemas citados.

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre ensino a distância

Junte-se a mais de 500.000 pessoas que já acessaram nossos conteúdos