Plataforma LMS

Tutor a distância: como tirar vantagens da plataforma Moodle

Rayane
Escrito por Rayane em 13 de junho de 2019
Tutor a distância: como tirar vantagens da plataforma Moodle
Junte-se a mais de 1.500.000 pessoas que já acessaram nossos conteúdos

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos e com prioridade sobre as novidades do ensino a distância

A plataforma Moodle é um ambiente de criação para o desenvolvimento de sistemas de ensino, principalmente a distância. Foi desenvolvida pensando em professores e alunos administradores, e o tutor irá se encaixar na categoria de professor.

O Moodle é um código aberto, acessível a qualquer pessoa, empresa ou instituição que tenha ou não fins comerciais. É licenciado gratuitamente pela licença GNU.

Foi criado com o intuito de ser prático, de fácil entendimento e de simples utilização. Por isso, possui ferramentas claras e objetivas, como função de arrastar e soltar, e uma interface bem definida, com recursos devidamente explicados.

O Moodle é constantemente revisado e atualizado, para se manter suprindo as necessidades dos desenvolvedores.

Além desses benefícios, a plataforma possui em torno de 120 idiomas diferentes, justamente por ser aberta para adaptações e modificações. Ela também permite a instalação de plugins e aplicações externas, que facilitam funcionalidades específicas para a sua plataforma.

É uma plataforma escalável, pois vai de pequenos sistemas de ensino a grandes organizações, como a Microsoft, por exemplo. Sua utilização é adaptável para educação, negócios, ambientes sem fins lucrativos ou governamentais.

A segurança provida pela plataforma Moodle é de extrema qualidade, impossibilitando acesso de pessoas não autorizadas e desconhecidas.

Como o Moodle pode ajudar um tutor a distância?

Essa plataforma é ideal para criação de sistemas de ensino a distância, pois nela você consegue guardar dados necessários, materiais didáticos, videoaulas e arquivos importantes para seus alunos, para que consigam acessar de qualquer lugar e a qualquer hora.

Ela é divida por tópicos, o permite a você, como tutor, formar vários módulos de ensino, deixando seu curso muito organizado. Seja qual for a disciplina que é oferecida por você, o Moodle é uma plataforma muito vantajosa e que com certeza irá te ajudar.

Pode ser tecida conforme as suas necessidades de utilização, do que você precisa que ela ofereça. Para isso, são fornecidos pluginsgratuitamente pela internet, de infinitas possibilidades.

Por ser de código aberto, há muitas maneiras de configurar a sua plataforma. Você decide tudo: quais plugins instalar, como separar os tópicos e os módulos que serão aplicados e se eles terão algum tipo de diferenciação na exibição.

Os plugins fornecem alterações como: trocar os tópicos por menus, mudar as cores deles, tanto da aba quanto da fonte, enfim, várias maneiras de customizar a página para um melhor entendimento do aluno.

Existem plugins que fornecem uma configuração para separá-los por período, fazendo com que tópicos anteriores sejam recolhidos e tópicos futuros apareçam conforme as datas se aproximam.

Outra maneira de facilitar a sua vida como tutor é deixando um painel disponível na página inicial para o seu aluno, que pode ser feito também por meio de um plugin. Nesse painel você pode colocar tarefas, notas e datas de entrega, para que seu aluno não perca prazos e consiga se organizar de forma eficiente.

Você também pode inserir as tarefas, mostrando se o aluno as realizou, qual nota ele tirou, qual foi a nota de corte e se ele foi aprovado na matéria.

No Moodle você consegue compartilhar com o seu aluno todo o material didático que ele irá precisar, poderá fornecer videoaulas e até mesmo aplicar simulados ou questionários.

A plataforma é de simples utilização. Por isso, fica mais fácil para você se comunicar com o seu aluno por intermédio dela, usando a sala de bate-papo para sanar dúvidas, os fóruns para deixar tópicos a serem discutidos, enfim, maneiras de desenvolver o conhecimento que você está fornecendo.

Para realizar questionário no Moodle, você precisa apenas montá-lo e permitir que o aluno o faça, podendo até limitar o tempo para a realização. Pode ser interessante também liberar para o aluno uma maneira de refazer o teste, caso ele tire uma nota muito inferior, porém com um valor menor.

É de grande vantagem, na plataforma Moodle, poder separar os tópicos em outros subtópicos, especialmente em matérias que demandam uma maior explicação, que precisam ser explicadas mais detalhadamente.

A plataforma oferece também um sistema de notificações, que informa ao aluno caso algo de novo tenha sido alterado nela, como, por exemplo: novas notas, entrada de material didático, data de entrega de trabalhos, se foi submetido um novo trabalho a ser feito, entre outras possíveis notificações.

Além do mais, o Moodle funciona como uma sala de aula invertida, que gera uma grande autonomia para o aluno, permitindo que este funcione dentro de seu tempo, que é de fato muito interessante para um serviço de tutor.

Você auxilia o aluno a compreender novas disciplinas, módulos diferentes, enquanto ele vai fazer tudo conforme seu próprio ritmo. A plataforma irá apenas agilizar esse trabalho, deixando tudo preparado para o momento necessário.

É possível acessar o Moodle de qualquer dispositivo (tablet, celular, computador etc.); basta você ter um navegador de internet. Assim, haverá possibilidade de comunicação com o aluno de onde ele ou você estiver.

Moodle e o tutor: qual a necessidade e quais as vantagens?

Como o tutor é basicamente um professor que ensina a distância, um sistema de ensino como o Moodle pode ser de extrema serventia para auxiliar o entendimento do aluno, a comunicação entre aluno e tutor, bem como o fornecimento de materiais e avaliações.

A plataforma apenas precisa ficar conectada o tempo todo na internet, por meio de um servidor.

Mas como assim um servidor?

Um servidor nada mais é do que um computador no qual a plataforma estará instalada e on-line o tempo todo, garantindo o acesso dos alunos e dos demais usuários, por meio da internet.

Para tanto, faz-se necessário o uso de uma fonte de energia alternativa, como um nobreak, para garantir essa disponibilidade frequente, mesmo em situações de queda de energia, por exemplo.

E por que não utilizar um computador comum para esse serviço?

Os computadores de uso pessoal possuem capacidade limitada de processamento, e, no caso de uma plataforma como o Moodle, em que o acesso ao sistema é constante, um computador comum não conseguiria processar um volume muito grande de informações, gerando lentidão, travamentos etc. Já um servidor, apesar de ser muito parecido com um computador, possui características técnicas que garantem seu funcionamento justamente para situações como a citada acima. Servidores possuem capacidades de armazenamento e processamento maiores, e, portanto, comportam esse acesso constante que a plataforma Moodle exige. Além disso, são feitos para ficarem ligados o tempo todo, sem risco de queimarem, o que também é uma opção mais segura para o tutor.

Entre para nossa lista e receba conteúdos exclusivos sobre ensino a distância

Junte-se a mais de 500.000 pessoas que já acessaram nossos conteúdos